Marketing de Relacionamento, a estratégia perfeita para aumentar suas vendas

Equipe Polvo
Equipe Polvo
30 de janeiro, 2018

Normalmente, quando falamos sobre ações de Marketing ou Publicidade, o objetivo costuma ser apenas a venda de um serviço ou produto — e isso realmente funciona, podendo convencer o mesmo cliente uma, duas e até três vezes. O problema é que a falta de proximidade entre marca e público-alvo não gera identificação.

A partir disso, o cliente que já comprou o que desejava não encontra motivos para voltar a entrar em contato com aquela empresa, porque o único motivo para ter feito parte do seu público consumidor foi uma necessidade pontual.

O maior problema desse cenário é a saturação do público-alvo. Como você não fidelizou o cliente e, mesmo assim, conseguiu realizar uma grande quantidade de vendas, o desejo ou necessidade por aquilo que você oferece fica em baixa, minguando suas novas chances de conversão.

Mas esse problema tem solução!

“Construindo relações sólidas para sucesso duradouro”

Nos últimos anos, um termo tem conquistado muito espaço no segmento de comunicação: o Marketing de Relacionamento. Como o próprio nome já indica, o objetivo dessa prática é criar uma proximidade entre marca e cliente, gerando uma identificação que vai além do simples consumo de um produto ou serviço.

Essa intimidade, por assim dizer, é gerada por ideais compartilhadas pela marca e cliente, através do estabelecimento de uma comunicação constante ou por meio da construção de um sonho em comum. Assim, o comprador não quer apenas uma loja, ele deseja todo o estímulo e discurso de que uma determinada realmente se importa com ele.

Mas, no fim das contas, a venda é apenas uma das vantagens de você ser “amigo” do seu cliente/público-alvo.

Benefícios que fazem TODA diferença

Trabalhar com o Marketing de Relacionamento proporciona a criação de uma comunidade ativa em torno da sua marca. Em outras palavras, você não terá apenas clientes, mas sim um grupo de pessoas dispostas a dar suporte a todas as atividades da sua empresa. A falar bem de você para outras pessoas. E, consequentemente, a não trocar você por nada: nem por um lugar mais conveniente, nem por um preço mais baixo.

Entre os diferentes benefícios que esta estratégia de comunicação gera, podemos citar:

· Defensores de marca: principalmente na internet, crises de comunicação acontecem facilmente. Neste momento, a sua comunidade vai defender a sua empresa de forma espontânea.
· Porta-vozes: além de defender, seus clientes adotarão o discurso da sua marca, assim como acontece com a Disney e o “sonho” de visitar o parque temático.
· Conexão emocional: como comentamos acima, o consumo relacionado a sua marca deixa de ser por necessidade e passar a ser por carinho e intimidade.
· Constância: não fique refém de sazonalidades, como datas comemorativas. Afinal, seus clientes estarão sempre interessados no que você tem a oferecer.
· Fidelização: como fruto de todas as outras vantagens, há a fidelização. Você não vai vender apenas uma ou duas vezes para esse cliente, mas muitas vezes, criando compradores fiéis que estarão atentos às suas novidades.

Ok, mas e como isso é feito?

Marketing de Relacionamento - Construa a comunidade ativa em torno da sua marca.

Construa a comunidade ativa em torno da sua marca.

O primeiro passo é ajustar a cultura da sua empresa para perceber e tratar o cliente como alguém querido de verdade por você. Assim, de forma bastante natural, as ações on e off-line estarão todas dispostas para o bem-estar do público-alvo, resultando na intimidade que tanto citamos neste texto.

Além disso, é de grande importância que alguns mecanismos estejam sempre ativos para que o Marketing de Relacionamento aconteça de forma eficiente. Os mais importantes são:

1. Blog

Seus clientes querem saber mais sobre a sua empresa, o que ela oferece, os temas que ela retrata e o posicionamento que ela tem no mercado. Um blog é de grande importância para criar essa fonte de informações dinâmica e aprofundada.

2. Redes Sociais

Abra canais de comunicação eficientes nas redes sociais. Elas funcionam tanto para disseminar o conteúdo criado no blog, quanto para gerar um atendimento personalizado e rápido.

3. SAC 3.0

O conceito de ler e responder já é coisa do passado. Agora, é necessário estabelecer um diálogo de verdade com o cliente para criar uma situação que agregue resultados para os dois lados (como vendas, distribuição de brindes, etc.).

4. Ofereça vantagens

Pode ser por mala direta, por telefone, e-mail marketing ou clube de vantagens (como as famosas milhas). O importante é conhecer bem seu público e oferecer vantagens que sejam realmente atrativas, mostrando que ele será bem cuidado enquanto estiver acompanhando a sua marca.

Tendência para 2018

Hoje em dia, o consumidor tem um acesso gigantesco a informações de todos os tipos, descobrindo rapidamente quais são as empresas que atendem às suas necessidades de consumo. Portanto, as marcas que investirem no Marketing de Relacionamento sairão cada vez mais à frente da concorrência, conquistando clientes pelo coração e não pelo bolso.

Exatamente por esse motivo, o Marketing de Relacionamento é considerado uma grande tendência de atuação em 2018. E, se você deseja todas essas vantagens, é só clicar aqui para conversar com a gente: a Polvo tem equipes especializadas e antenadas, prontas para criar o relacionamento que a sua empresa precisa!

Compartilhe esta notícia: